Friday, 4 March 2011

-----------“Ei pessoal, ei moçada, Carnaval começa no Galo da Madrugada”


Nos meus anos ininterruptos no Brasil não costumava ter nenhuma relação especial com o carnaval. Em verdade, em geral era só um feriadão prolongado, em que eu muitas vezes costumava a ir acampar, ou buscava festas alternativas. Nunca fui muito de carnaval, porém no ano em que ia sair do país fui inclusive ao baile do Vermelho e Preto, nosso famoso Xavante, lá na hometown Pelotas. Minha idéia era vivenciar ao máximo, antes de sair do Brasil por um tempo, a tal folia na qual nunca fui nenhum expert. E reconheço que gostei.


Agora, depois de seis anos sem ver o quanto esse período mobiliza, e estando aqui em Recife, minha idéia é aprender o que é carnaval de fato, pois percebo que na verdade ainda não o conheço. Mas estou me esforçando para compensar, e até testemunhar a montagem do Galo da Madrugada eu fui, afinal, estou aqui, como “o” folião, na “terra do maior bloco de carnaval do planeta”, entendendo o que é festa de rua efetivamente: “A vivirla!”, dir-se-ia. Mundo grande, vasto mundo...


E como um bom brasileiro (?) por razões óbvias estarei off nesse período – a festa passa o tempo todo por todo o lado, nem se quisesse se poderia escapar – deixando algum registro imagético, até junto ao pai do Frevo, Capiba.

Hoje o carnaval começa oficialmente no Marco Zero, vou ali aprender um pouquinho e já volto. Tambores, maracatus e afoxés: haja whisky com gelo feito de água de coco! Até a quarta-feira de cinzas!

2 comments:

Anonymous said...

how cool! :)

filakia from london

Laura said...

Qué chivas las fotos!!! jeje abracitos!! Lau