Saturday, 6 March 2010

Acho que não sei quem sou. Só sei do que não gosto.

1 comment:

Juliana Vitorino said...

há! eu lembro disso sendo "cantado" numa areia de praia! já cheguei a chorar com ela, confesso. Tá, ok, eu sou dramática, e daí? mas é que "esse é o nosso mundo, o que é demais
nunca é o bastante e a primeira vez
é sempre a última chance. ninguém vê onde chegamos", parece demais com uns versos do neruda que repito quando a coisa tá pegando.
mas, ânimo! ânimo! saber do que não se gosta já é um passo muito bem dado. quando se dá o passo. =)