Friday, 17 August 2012

Textos curtos para Ítaca XXVI


Um futuro-presente projeto literário. “Textos curtos para Ítaca” é a primeira materialização de uma das várias e extensas ideias em literatura, essencialmente em prosa, mas com flertes em verso, colecionadas ao longo da jornada até Ítaca. Em fato, os projetos para contos e novelas e outras literaturas de longo fôlego, ainda estão em fase sketch, talvez nem maquete, e irão tomando forma ao ritmo das circunstâncias que, sim, podem tardar como já tardam, mas ainda virão. Enquanto isso, num dia e momento aleatório, curiosamente com menos atraso, vão tendo agenda as mini-experiências em poesia e verso, do qual, lenta e despretensiosamente, faço um laboratório neste blog (único espaço onde o critério editorial é totalmente meu... ). Algum dia também ganharão forma impressa, sempre ao ritmo das possibilidades e, no dizer de Konstantinos Kavafis, do rogar por uma rota longa. Mas em textos curtos.


Fato lírico

Minha casa fica entre a Rua da Aurora e a Rua da Saudade.

E isso não é poesia.

3 comments:

Juliana Vitorino said...

...e tu tbm morou na José de Alencar, te interessase por algo na rua do sossego, mas não acredito que querias calmaria.

OjosFritos said...

Y voce compañero, ¿hacia que calle se dirija cuando salga de casa?
un abrazo fuerte desde la France!

Aleksander Aguilar said...

compañera, Marie! por favor, se presente! me debes un correo! bisous